• Confira nosso material com tudo que você precisa saber sobre IRPF. Baixe agora o nosso e-book gratuito!
  • baixe o e-book
  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Siga-nos no Linkedin

(51) 3026-8282


Blog

21 de Fevereiro de 2018

IRPF 2018: declaração completa ou simplificada?

A Receita Federal disponibiliza dois modelos de declaração para o Imposto de Renda (IR), mas você sabe qual a diferença entre os dois? Os modelos são o completo e o simplificado e a escolha entre eles depende basicamente do tamanho das despesas que você possui para abater.

Para quem tem poucas despesas dedutíveis, o mais indicado é preencher o modelo simplificado. Pois, ele considera um desconto padrão de 20% sobre a base do cálculo do imposto, limitado a R$ 16.754,34. Ou seja, independentemente de suas deduções alcançarem 20% do valor, você terá esse desconto.

Já se você tem filhos como dependentes, paga escola particular, plano de saúde e previdência privadas são grandes as chances de o modelo completo ser o mais adequado. Todas essas despesas são dedutíveis do IR e provavelmente ultrapassaram os R$ 16.754,34. Entre as principais deduções do IR estão:

  • As despesas médicas (que podem ser deduzidas integralmente);
  • As despesas com educação (possui o limite individual anual de R$ 3.561,50);
  • As deduções com dependente (limitadas a R$ 2.275,08 por dependente);
  • Contribuição para plano de previdência privada do tipo PGBL (pode ser abatida até o limite de 12% da renda);
  • Recolhimento de INSS de empregado doméstico (limite de R$ 1.093,77);
  • Livro-caixa de profissional autônomo pode ser incluído como dedução integral.

Caso você não tenha certeza sobre qual momento escolher, o sistema da Receita pode ajudar. Junte todos os papéis e documentos necessários e comece a preencher o modelo completo. Ao final, o programa da Receita Federal irá indicar se ele é o mais adequado. Caso não seja, o sistema aplicará o desconto padrão de 20% e passará as informações para o modelo simplificado.

SAIBA MAIS:
>> Imposto de renda PF 2018: Conheça as mudanças
>> IRPF 2018: Descubra quais são os documentos obrigatórios

Ficou com alguma dúvida? Então assista o vídeo abaixo: 

Precisa fazer a sua Declaração? Entre em contato com a Proceconta clicando aqui.